segunda-feira, 13 de abril de 2009

Show A Força Que Nunca Seca (1999)



O Show A Força que Nunca Seca foi dirigido por Fauzi Arap, diretor presente em shows emblemáticos na carreira de Bethânia, sua direção tem como característica a integração constante da atriz na cantora que é Bethânia. Esses dois talentos contidos na artista, completam-se dando como resultado uma intérprete única.

É o show do disco homônimo e resultou no Cd ao vivo Diamante Verdadeiro. O que se ouve no registro ao vivo é uma grande viagem pelo que há de melhor na música popular brasileira: canções de mar de Dorival Caymmi, as interrogações do tempo de Edu Lobo e Capinam, o desespero esperançoso de Chico Buarque, a luz do sertão, o trem que corta os interiores, o canto da tempestade, a voz dos santos dos terreiros de Umbanda e Candomblé, a poesia dura e terna de Tite de Lemos, a ternura de Pixinguinha.

O que de melhor ecoou na Música Popular Brasileira , foi visitado por Bethânia, tanto ao logo de sua carreira, quanto neste espetáculo. Ela é uma autoridade no assunto, e como tal se porta.

É um espetáculo deslumbrante, registro de um dos momentos mais emocionantes do palco brasileiro. É a trilha sonora de um mundo melhor, que todos queremos.

Magno Santos.

*Abaixo, podemos conferir dois vídeos com algumas imagens do Show.

-Um trecho com "A Força Que Nunca Seca" (Chico César/Vanessa da Matta) e "Assentamento" (Chico Buarque)


video


- E um trecho com "Viramundo" (Gilberto Gil/Capinam), "Missa Agrária"-trecho (G.Guarnieri/Carlos Lyra)/ "Carcará" (João do Vale/José Cândido), "Roda Viva"(Chico Buarque), "O Navio Negreiro"-adaptação-(Castro Alves) e "Um Índio" (Caetano Veloso).


video

Nenhum comentário: